Pesquisar

Banho Dog&Mia

Tudo o que você precisa saber para um banho seguro e tranquilo

Que história é essa de dar banho nos animaizinhos?

Sabemos que o banho faz parte de um dos mais importantes cuidados de higiene pessoal, mas como será que surgiu, onde e quando? Para contar como começou essa história vamos voltar no tempo e buscar algumas curiosidades sobre o banho na humanidade.  Os mais antigos relatos sobre o hábito de se tomar banho esta entre os antigos egípcios. Segundo documentos de mais de 3000 anos, para eles o ato de tomar banho era sagrado e parecia ser uma forma de purificar o espírito da pessoa. Era comum, tomar três banhos em um só dia e, com certeza, foi  isso,  que livrou essa civilização de várias epidemias e pragas comuns à Antiguidade.

Já para os gregos, o contato com a água fazia parte do processo de educação de seus jovens, que deviam dominar tanto a leitura como a prática da natação.

E os romanos influenciados pela cultura grega, ampliaram o hábito de banhar-se realizando a construção das famosas termas.

Mas na idade média, o papa Gregório I proibiu o banho por acreditar que o contato com o corpo era pecado. Também muitos médicos, naquela época, acreditavam que o banho em excesso alargava os poros, permitindo a entrada de corpos estranhos, causando doenças. Assim, o banho se transformou em uma atividade anual e acontecia em um simples barril de água. Fora disso, a higiene diária era feita pelo uso de panos úmidos. E foi só no século seguinte, com a ascensão da ciência iluminista, que o banho voltou a ser um importante meio de higiene e cuidado com a saúde. Após a Segunda Guerra Mundial, surgiram os chuveiros, com a reconstrução de várias casas na Europa. Hoje o ato do banho é muito importante não apenas para a saúde, mas para proporcionar uma boa impressão, de limpeza e beleza.

  E os animais de companhia na história do banho?

Se para a humanidade o banho ao longo da história se mostrou imprescindível para garantir saúde e bem-estar, não seria diferente para os animais de companhia que nos dias atuais fazem parte da família, tanto que hoje temos mais animais de estimação que crianças nos lares brasileiros.

E por serem tratados como “filhos de patas’’ tudo aquilo que os tutores proporcionam para si, também desejam proporcionar para os seus fiéis companheiros. Além disso, quando os animais entram para dentro dos lares, os cuidados com a higiene são intensificados tornando-se importantes para a convivência saudável  entre os pets e seus tutores.

Empregada para definir os cuidados referentes à higiene de cães, gatos e outros animais domésticos, a expressão Banho & Tosa  começou a surgir dentro dos primeiros pet shops brasileiros, na década de 80.  E foi nessa época, com os animais entrando nas casas e convivendo mais próximo das famílias que o hábito do banho se tornou uma necessidade para permitir que o animal se mantenha limpo e saudável para brincar bem pertinho com seus tutores.

Atualmente, o banho passou a ser mais que essencial. Daí a necessidade de profissionais especializados em cuidados de higiene e saúde e com isso o surgimento dos Banhos & Tosa, que hoje evoluíram de um “simples” serviço de banho, para um serviço de bem-estar animal.

Hoje os animais de companhia tem uma rotina essencial de limpeza, saúde e bem-estar, que auxilia não apenas o tutor, como também a manutenção da qualidade de vida do pet e toda a família. Mais do que um cheiro agradável, o banho oferece saúde!

O banho proporciona, além de cuidados com a higiene e saúde do animal, importante momento de interação do tutor com o seu fiel amigo fortalecendo a relação de confiança e carinho para uma vida longa e saudável.

Artigos mais lidos